Quais são os sintomas do Linfedema, diagnóstico e tratamento?

O Linfedema pode ser agudo ou crônico. O Linfedema agudo desenvolve-se geralmente alguns dias ou semanas após a radioterapia ou cirurgia e dura menos de seis meses. Com o retorno da circulação normal da linfa, o inchaço tende a desaparecer. O Linfedema crônico ocorre quando as alterações do sistema linfático já não satisfazem as necessidades do corpo em relação à drenagem da linfa, podendo ocorrer logo após a cirurgia ou radioterapia, ou meses ou anos após o tratamento do câncer. Não há cura para o Linfedema crônico, no entanto, existem maneiras de controlá-lo.

Diagnóstico: O Linfedema pode ser diagnosticado pela observação dos sintomas. No entanto, alguns exames podem ser necessários não só para confirmar o diagnóstico, como também planejar o tratamento. Por isso, é importante consultar sempre um médico de confiança, a Clínica Vascular Guedes é referência internacional para tratamento dos Linfedemas 

O linfedema é o acúmulo de líquido no braço ou na perna devido ao bloqueio do sistema linfático. O sistema linfático conduz a linfa pelo corpo e ajuda no combate de infecções. Pacientes com câncer podem desenvolver linfedema em membros superiores ou inferiores. Sintomas: Os pacientes com linfedema podem apresentar sintomas como:

  • Inchaço indolor que começa nas mãos ou pés e progride em direção ao tronco.
  • Sensação de braços ou pernas pesados.
  • Uso de anéis, relógios e roupas tornam-se difíceis devido a que ficam muito apertados.
  • Pele lisa ou brilhante.
  • Marcas ou espessamento da pele quando pressionada.
  • Hiperqueratose.
  • Pele similar a casca da laranja.
  • Desenvolvimento de verrugas ou pequenas bolhas.
  • Outras doenças relacionadas com o sistema linfático.

LINFEDEMA E TRATAMENTO

Os tratamentos para o Linfedema visam à redução do inchaço, a prevenção da infecção ,a melhora da função e da estética do local com Linfedema. Modernamente a grande maioria dos Linfedemas é passível de tratamento clínico denominado Terapia Física Complexa(TFC).Este tratamento baseia-se em 4 pilares:

1- Drenagem linfática manual.

2- Compressão inelástica e elástica.

3- Cuidados com a pele para evitar as infecções.

4- Exercícios linfomiocinéticos.

Este tratamento é feito em blocos ou fases que podem ser adaptadas para cada paciente. Lembrar sempre que por ser uma doença crônica não há cura para a maioria dos linfedemas mas o seu controle pode ser por períodos muito longos com boa recuperação do paciente. Alguns poucos casos de linfedema podem ter um tratamento cirúrgico complementar cm cirurgias de ressecção (dermolipectomias) ou de derivação com técnicas microcirurgicas. Quanto antes fizermos o diagnóstico e instituirmos o tratamento melhor o resultado final.

Consulte seu Médico Cirurgião Vascular.

A Clínica Vascular Guedes é referencia nacional e internacional no tratamento e acompanhamento de pacientes com Linfedema.

Entre em contato

Contamos com uma equipe formada por profissionais com excelente formação e atualizada com o que há de mais moderno em vascular.

    FORMULÁRIO